Avaliação de um aparelho portátil para quantificar a concentração de ß-hidroxybutyrato em cabras leiteira

Distúrbios metabólicos envolvendo o metabolismo de carboidratos e gorduras,
como cetose clínica e toxemia gravídica, são muito comuns em cabras leiteiras,
especialmente no final da gestação e início da lactação. Portanto, uma detecção precoce
da doença subclínica poderia ajudar a minimizar as perdas econômicas pela mortalidade
fetal. diminuição da produção e mortalidade da barragem e aumento do sucesso do
tratamento e prevenção. O objetivo deste estudo foi avaliar a acurácia e precisão do
dispositivo eletrônico portátil Ketovet® (KetoVet Brasil, TaiDoc Technology, Taiwan)
para a dosagem de ß-hidroxibutirato (BHBA) em sangue total em cabras leiteiras. Para
comparação do método, a amostra (soro) também foi analisada em laboratório por
métodos padrão dentro de um máximo de cinco horas entre a coleta de sangue e a
quantificação de BHBA. Os valores de Ketovet® e os níveis laboratoriais variam de 0,1
a 9,0 mmol / L, com uma escala de 0,1 mmol / L. No total, 166 pares de amostras de
sangue total da veia jugular foram coletadas de fêmeas gestantes, lactantes ou em
crescimento de três propriedades comerciais no Estado de Minas Gerais. Um dos pares
de amostras foi testado por Ketovet® quando o outro par foi levado ao laboratório para
separar o soro a ser testado pelo método padrão-ouro. Quando comparados os dois
métodos, o valor do intercepto foi de 0,134 ± 0,014 e o valor do declive de 0,788 ± 0,037,
mostrando que o Ketovet® tem tendência a superestimar valores de maior concentração
de BHBA e subestimar amostras com baixas concentrações de BHBA quando comparado
com o padrão ouro método. Pode-se observar também uma boa precisão do equipamento
portátil pela comparação R2 = 0,74 e R = 0,86. No entanto, nota-se um erro masculino de
– 0,007 mmol e um erro quadrático médio de raiz de 0,13 mmol, o que corresponde a um
viés de 17,3%. Considerando que o dispositivo portátil e o método padrão-ouro são ambos
de 0,1 mmol, essa escala reduz as chances de obter uma medida mais precisa e precisa.
Em conclusão, o Ketovet® é uma ferramenta útil para monitorar a cetose subclínica e a
toxemia da gestação em cabras leiteiras. Devido à sua alta sensibilidade e falso positivo,
é uma boa ferramenta para triagem e controle de doenças, e fornece precisão satisfatória
para medir a concentração de BHBA em cabras leiteiras em comparação com o teste
padrão-ouro.

Anais: IV Congresso Nordestino de Buiatria e XII Encontro de Buiatria de Pernambuco
Recife e Garanhuns, PE, 02 a 05 de maio de 2018

Joana Palhares Campolina¹*, Rafahel Carvalho de Souza², Bruno Machado
Saturnino², Luigi Francis Cavalcanti³, Maria Pia Souza Lima de Paiva Guimarães4,
Bruno Marinho Mendonça Guimarães²
¹Universidade Federal Rural de Minas Gerais, Departamento de Zootecnia, Belo
Horizonte, Brasil.
²Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Betim, MG, Brasil
³Seva Engenharia Eletrônica, Contagem, MG, Brasil
4Técnica da Associação de Criadores de Caprinos e Ovinos de Minas Gerais, Belo
Horizonte, Brasil
*Autor para correspondência: joana.campolina@yahoo.com.br

Nenhum comentário

Publicar um comentário

0
    0
    Seu Carrinho
    Seu carrinho está vazioRetornar para a Loja